MENU




Você ainda está navegando na era da carroça?

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Parlamentares modificam MP para permitir mineração em Parque no Pará

Deputados e senadores acertam os últimos detalhes do relatório da MP 758 antes da votação simbólica. Na foto, deputado Josué Bengtson (PTB-PA); senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA); relator José Reinaldo (PSB-MA) e senador Paulo Rocha (PT-PA). Foto: Roque de Sá/Agência Senado.

Um dia após aprovarem um texto recortando ainda mais a Floresta Nacional de Jamanxim, parlamentares membros de outra comissão mista votaram para desmembrar outras duas Unidade de Conservação do oeste do Pará: o Parque Nacional de Jamanxim e a Floresta Nacional de Itaituba II, que originalmente não estava na matéria. As mudanças beneficiam mineradores que exploram ouro na região.
Em dezembro, o governo Temer alterou, via Medida Provisória, os limites do Parque Nacional de Jamanxim. A mudança foi pontual: 862 hectares foram tirados para dar lugar a ferrovia Ferrogrão. Em compensação, o governo anexou 51 mil hectares de uma área pertencente à Área de Proteção Ambiental (APA) do Tapajós no Parque. Após a ampliação, o parque passou a abrigar um território de 909 mil hectares e a APA do Tapajós passou de 2.039.580 hectares para 1.988.445 hectares. Isso até a Medida Provisória ir para o Congresso.
Após tramitar em uma comissão mista formada por deputados e senadores, a matéria foi descaracterizada. Foram apresentadas 7 emendas à proposta original em fevereiro. O relator, deputado José Reinaldo (PSB-MA), acatou parcialmente 4 emendas. A votação, feita em menos de 10 minutos na manhã desta quarta-feira (12), incluiu a diminuição na Floresta Nacional de Itaituba II e a criação de mais três Áreas de Proteção Ambiental: a APA de Rio Branco, a APA de Carapuça e a APA de Trairão.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Assassino é conduzido para a seccional e liberado em seguida em Itatuba

Na noite de ontem (11), por volta das 21h30, na primeira rua do bairro da Paz, conhecido como invasão da Coca, ocorreu o homicídio de Cilande dos Santos Silva, 34 anos de idade. Cilande sofreu várias perfurações de um facão transformado em faca. O acusado Carlos Alexandre de Sousa Oliveira, 24 anos, foi conduzido  à delegacia pela Polícia Militar na madrugada de hoje, porém foi liberado logo em seguida a ser ouvido porque uma parente dele teria ligado para o Corpo de Bombeiros informando que ele queria se entregar e teve o benefício controverso de responder em liberdade assegurado pelo delegado Conrado Wolfring. Controverso porque o assassino não se apresentou ao delegado, apenas se entregou a uma guarnição da PM por se sentir acuado pelo cerco policial feito desde que o crime foi cometido. Certo é que ele, que estaria em companhia vários amigos, assassinou brutalmente um desafeto que já lhe teria, segundo o homicida confesso, batido em um campo futebol e, ontem, teria lhe xingado, bastando para que o assassino fosse à sua residência e se armando com facão, voltasse para dar fim na vida da vítima.
≤≥ Blog RPI

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Nova ferrovia deverá ligar Lucas do Rio Verde (MT) a Itaituba (PA)

Nova ferrovia pretende aliviar tráfego da BR-163 rumo aos portos do Norte

Alternativa considerada mais viável para o escoamento da produção agrícola de Mato Grosso, o corredor rumo aos portos do Arco Norte deve ter um reforço nos próximos anos. Uma ferrovia paralela à BR-163 é vista como solução para consolidar a rota para os terminais de carga de Miritituba (PA).

Chamada tecnicamente de EF-170, a linha, que está apenas em estudos, recebeu um nome bem sugestivo de sua finalidade: Ferrogrão. “Faz frente à expansão da fronteira agrícola e à demanda por uma infraestrutura integrada”, justifica o Ministério dos Transportes no informe sobre o projeto.
A ferrovia deve ter 1.142 quilômetros de extensão, ligando Lucas do Rio Verde (MT) a Itaituba (PA). São estimados investimentos de R$ 12,6 bilhões, que incluem desde a desapropriação de áreas, passando pelas compensações ambientais, até o assentamento dos trilhos e a operação dos trens no transporte de cargas.

“A EF-170 trará alta capacidade de transporte e competitividade ao corredor, que já está em consolidação pela BR-163”, defende o Ministério dos Transportes.
“O principal efeito da ferrovia é aumentar a competitividade. E o impacto ambiental será menor que o da rodovia”, garante ele. Estudos feitos em 2015 pelo consórcio apontavam que, se em 2020 a ferrovia estivesse em operação, 87% da produção de Mato Grosso seria escoada por trem. Só pela Ferrogrão, seriam transportados cerca de 20 milhões de toneladas de grãos. O Ministério dos Transportes estima que, em 2050, o volume transportado pela estrada de ferro rumo a Miritituba seja superior a 42 milhões de toneladas.

Os estudos sobre a obra estão em fase final de ajuste pelo governo. Antes da publicação do edital, o projeto será submetido a consultas públicas e  passará pela avaliação do Tribunal de Contas da União (TCU). O leilão de concessão – válida por 65 anos – está previsto para o segundo semestre deste ano.

Caso vença o leilão, o consórcio formado pelas tradings de grãos e pela EDLP planeja construir a Ferrogrão em cinco anos. O investimento seria 30% de capital próprio e os outros 70% financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

Fonte: http://www.cenariomt.com.br/2017/04/06/nova-ferrovia-vai-ligar-lucas-do-rio-verde-a-itaituba-pa/
≤≥ Blog RPI

Polícia Militar recapturou fugitivo da justiça de Itaituba no distrito de Moraes Almeida



Polícia Militar prendeu na quarta feira (05) no distrito de Moraes Almeida o apenado Israel Lisboa, foragido da justiça de Itaituba. Ele é condenado pelo crime de homicídio contra Robson da Cruz Bezerra, ocorrido em 2009 na comunidade de Pimental. Condenado a uma pena de oito anos de reclusão, ganhou a progressão de liberdade, sendo solto em 2012, porém devido não cumprir regras de apresentação à justiça, teve alterada sua pena do aberto para semiaberto e consequente mandado de prisão expedido pela justiça. A
Captura de Israel se deu por causa de denúncia de agressão feita contra a irmã dele. Ao ser preso se descobriu que ele era procurado pela justiça da comarca de Itaituba.
Pelo crime de agressão ele foi encaminhado para a delegacia de Novo Progresso, mas provavelmente será transferido para Itaituba para cumprimento do resto da pena a que tem condenação.
≤≥ Blog RPI

terça-feira, 4 de abril de 2017

Foragido da Polícia é preso em Belém em teste para ser PM

Diogo da Silva foi detido na manhã desta segunda-feira (04) na Escola Superior de Educação Física, bairro do Marco, em Belém. O motivo? Diogo é foragido da Justiça do Estado do Ceará, onde responde por homicídio. Isso mesmo. O procurado pela polícia no estado nordestino queria ser PM no Pará.
Segundo a Polícia Civil, Diogo foi levado para a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), onde prestará depoimento. A expectativa é que ele fique preso e depois seja levado de volta para o Ceará. Para isso, é necessário autorização judicial pra transferência.

O concurso

A terceira etapa do Concurso para a PM é a de testes físicos, que segue até o dia 10 de abril. Já a quarta etapa, de avaliação psicológica, será realizada de 14 a 23 de maio. A estimativa, segundo o cronograma oficinal, é que os aprovados comecem o curso de formação no início de julho.
fonte: DiárioOnline
≤≥ Blog RPI